Comunicação

Comunicação

Clipping

Profissional de Educação Física e youtuber em prol da saúde conquista idosos nas redes21/06/2022

Há quase vinte anos, o educador físico [o termo correto é Profissional de Educação Física] Aurélio Alfieri [CREF 009911-G/PR] gravou um vídeo amador enquanto dava uma aula de alongamento na academia. A ideia era apenas registrar os movimentos, para análise posterior. Outros vídeos foram gravados e postados na internet sem grande pretensão. Os vídeos caseiros e de pouca qualidade foram os primeiros passos de Aurélio em uma longa caminhada que o transformou em produtor de conteúdo e criador do maior canal de exercícios para idosos das Américas.

Na época, Aurélio ainda estava nos primeiros semestres da faculdade de Educação Física, por influência de seu professor de judô. Estagiando em uma academia, teve seu primeiro contato com um público de mais idade, o que lhe rendeu uma boa experiência. “Eu percebia que as pessoas acima dos 40, dos 50 anos, eram mais educadas, escutavam as orientações com atenção, tinham mais resultado e vinham agradecer. Quando comecei a atender pessoas acima de 60 anos, elas ainda levavam um pedacinho de bolo no final da aula. Eu digo que não fui eu que escolhi esse público, eu fui seduzido”, brinca Alfieri. 

Já como profissional da Educação Física, seguiu atuando de maneira presencial focado nesse público. É provável que ele nem se lembrasse mais do material que havia gravado anos antes, mas em certo momento, descobriu que os vídeos já tinham uma quantia razoável de visualizações. “Gravei os vídeos e postei, na época, no Google Vídeos, mas eu deixei como público. Quando o Google comprou o YouTube, ele juntou as duas plataformas. Então, o meu canal foi criado automaticamente. Esses vídeos já começaram a crescer e viralizar rapidamente. Vários deles passaram de 100 mil visualizações, o que para época era bastante. Quando eu me dei conta que eu tinha um canal, eu já tinha mais de mil inscritos”, relembra. (...) 


Fonte: Gazeta do Povo