Comunicação

Comunicação

Clipping

Exercício físico em casa: pandemia trouxe novos hábitos que vieram para ficar12/08/2021

A pandemia do coronavírus mudou a rotina das pessoas em todo o mundo, e alguns novos hábitos que surgiram durante o isolamento social têm mostrado que vieram para ficar, mesmo após o tão sonhado fim das restrições. É o caso das atividades físicas em casa. Apesar de as academias estarem abertas em Petrópolis desde o ano passado, por exemplo, muita gente preferiu continuar com os treinos na varanda, na sala ou até mesmo no quarto de casa, e não pretende voltar à rotina de antes da pandemia. Esse tipo de comportamento fez com que mudasse também os rumos dos Profissionais de Educação Física. O setor precisou se reinventar e oferecer novos serviços.

A designer gráfica Simone Lobo é uma das que não pretende mais abandonar o hábito de praticar atividade física em casa ou em espaços abertos, como parques. Durante a pandemia, ela contratou o serviço de um personal trainer para auxiliar nos treinos e nunca mais quis outra coisa. (...)

O Profissional de Educação Física Rodrigo Lahr [CREF 043987-G/RJ], que é personal trainer, afirma que, assim como Simone, grande parte de seus clientes não pretendem voltar para a academia e manterão o atendimento a domicílio.

“Vejo que com certeza esse modelo veio para ficar. No início da pandemia eu tive que migrar para o modo de treinos online com os clientes que eu já tinha na minha cartela. Consegui mantê-los com a esperança de que a pandemia seria uma coisa passageira, até porque não sabíamos nada sobre o vírus. Alguns clientes não conseguiram se adaptar a esse estilo de treino, e infelizmente não consegui mantê-los. Notando a perda de alguns clientes pensei em logo fazer um curso de marketing digital e como eu poderia migrar para as consultorias online até tudo normalizar ou flexibilizarem um pouco mais as restrições”, explica o professor. (...)



Fonte: Diário de Petrópolis