Comunicação

Comunicação

Clipping

'Valorização profissional é o maior sacrifício', diz treinador de medalhista pan-americana20/09/2019

Campeã brasileira na categoria Elite Women e medalhista de prata no Pan-Americano, de Lima, no Peru, Paola Reis tem se destacado no BMX. No entanto, o grande trabalho feito pela ciclista tem participação do técnico Leonardo Gonçalves [CREF 008697-G/BA]. Longe dos holofotes, o treinador admitiu que recebe pouca valorização na mídia.

“Reconheço que na maior parte das vezes as pessoas esquecem o lado do treinador e focam apenas no atleta. O treinador tem grande participação no resultado, porém ter a valorização profissional é o maior sacrifício. Muitas vezes falta o reconhecimento merecido pelo trabalho desenvolvido” desabafou Leonardo que começou a preparar a atleta no Projeto Social “Pedal” em 2010.

O profissional de Educação Física, Leonardo é treinador da Associação de Bicicross de Salvador e também é formado pela Academia Brasileira de Treinadores do Instituto Olímpico Brasileiro. Foi atleta entre 2000 e 2016 e parou de competir por uma atitude nobre: “Vendi minhas duas bicicletas para pagar a cirurgia da fratura do fêmur da atleta Paola que caiu no mundial da Colômbia em 2016” confessou Leonardo.

“No Peru participei dos Jogos como treinador adicional, não fui convocado pela Seleção desta vez, mas a Confederação Brasileira de Ciclismo e o Comitê Olímpico do Brasil realizaram o meu credenciamento. Foi uma experiência fantástica, ter uma atleta oriunda de um Projeto Social como medalhista nesta competição, realmente muito especial” declarou Leonardo.


Fonte: BN Esportes