Comunicação

Comunicação

Clipping

Os cuidados necessários para os amadores adeptos dos treinos esportivos de alta performance30/01/2019

Há dez anos, a administradora de empresas Bruna Neves estava em Florianópolis quando assistiu a uma prova de Ironman, um tipo de triatlo em que a pessoa nada 3,8km, pedala 180km e corre 42,2km, sem intervalos. Da calçada, acompanhou a linha de chegada e teve o estalo de que era aquilo que queria fazer, mesmo que de forma amadora. O primeiro passo, então, foi entrar de cabeça na corrida, esporte que a ajudaria a manter sãos o corpo e a mente no estressante dia a dia do trabalho no mercado financeiro.

— A corrida começou como uma forma de manter um equilíbrio — explica Bruna, que hoje tem 31 anos. — Após algum tempo de treino sem orientação, ingressei numa equipe, e foi aí que o esporte passou a ocupar um espaço ainda maior na minha vida. Aos poucos, você vai se tornando viciado.



Fonte: O Globo