Comunicação

Comunicação

Clipping

Esporte auxilia na formação do aluno14/11/2018

Pesquisas recentes feitas por neurocientistas da Universidade de Illinois (EUA) apontaram que alunos que se saem bem nos exercícios físicos também apresentam um melhor desempenho nas atividades escolares. Além disso, crianças e adolescentes que praticam esportes com frequência apresentam uma performance escolar 20% superior à de alunos sedentários.

Em tempos de video game, apartamentos com pouco espaço e falta de segurança, a necessidade de atividade física aumenta. “O esporte melhora diretamente a oxigenação cerebral, a disposição física e atua indiretamente na qualidade do sono e na absorção dos alimentos, aliados importantes nesta fase de desenvolvimento. Além disso, aprimora as habilidades motoras e estimula as habilidades sociais da criança, aspectos necessários para uma pessoa saudável física e mentalmente”, explica o coordenador de Educação Física do Colégio Bom Jesus Jaraguá do Sul, Manoel Vieira Neto [CREF 003953-G/SC].

Pesquise uma escola com atenção ao esporte

Ao procurar uma escola para os filhos, é importante que os pais observem a qualificação dos profissionais que atuam nela, se o professor é profissional de Educação Física, o leque de Atividades Extracurriculares (estímulos diversos), qualidade profissional (orientação pedagógica) e ambiente adequado que supra as necessidades para uma boa prática esportiva.

Preocupados com o sedentarismo e focados na qualidade dos estudos, muitos colégios têm buscado a conscientização da organização do tempo e o desenvolvimento de atividades esportivas. Nas Unidades do Bom Jesus, por exemplo, as aulas de Educação Física são valorizadas e o colégio dispõe de uma variedade de materiais esportivos, além de espaços destinados às práticas esportivas, como quadras poliesportivas, campos de futebol e society, salas de judô, ballet e piscinas. Até mesmo o recreio se tornou um momento para estimular a prática de atividade física. “Em muitas Unidades temos o recreio dirigido, com atividades para cada idade, além das atividades extracurriculares oferecidas no contraturno”, destaca Neto, que identifica o esporte como ferramenta criadora de valores e de boas práticas. Para ele, alunos atletas têm melhor desenvolvimento e aprendizagem, concentração, disciplina, autonomia e senso crítico na tomada de decisões.

Outra atividade é o treinamento esportivo que trabalha com competições externas e contribui para a convivência em equipe, a responsabilidade de cumprir regras e o senso de perseverança para atingir os objetivos. “As equipes esportivas do Bom Jesus vêm alcançando expressivos resultados em competições em todas as modalidades oferecidas: basquetebol, futsal, judô, voleibol, handebol e natação, além da dança”, conta Neto.


Fonte: G1