Comunicação

Comunicação

Clipping

Não basta colocar o tênis e sair correndo por aí, quem quer iniciar a prática precisa tomar cuidados16/10/2018

A corrida se tornou uma atividade física muito popular nos últimos anos. Tanto que não é difícil encontrar uma prova para participar no final de semana ou um grupo de corrida para fazer parte. Porém, antes de começar a correr e aproveitar todos os benefícios do esporte, é importante entender alguns pontos sobre a prática.

O fisiologista do esporte do HCor (Hospital do Coração), Diego Leite de Barros [CREF 066987-G/SP], acredita que como qualquer outra atividade física a corrida gera mais benefícios do que riscos para o corpo, mesmo sendo um exercício de impacto, mas é preciso estar preparado para o nível da atividade e intensidade antes de começar a correr.

“A corrida tem um estigma de que é uma atividade que pode machucar, mas isso é um mito. O que se tem muitas vezes é a aplicação de um treino inadequado para determinadas condições, e assim até uma hidroginástica pode fazer mal. Mas a corrida, dentro da condição adequada, não gera problemas para o corpo.”

Entre os benefícios que o praticante pode conseguir após aprender a como correr corretamente estão a redução da gordura corporal, equilíbrio nos níveis de açúcares no organismo, melhora do sistema cardiovascular e também controle na pressão arterial, mas não é “só” isso.

“Principalmente para quem corre na rua, a pessoa vai estar em contato com outras pessoas, com o ambiente natural, e o nível de estresse é reduzido. A prática tem esse lado social, uma atividade que pode ser feita em um ambiente mais prazeroso, diferente de uma academia, e isso traz outros benefícios associados.”



Fonte: IG